Vacinação

A vacinação deve ser aconselhada e discutida com o veterinário, tendo em conta o caso específico do animal e se este faz parte, ou não, de um grupo de risco.

O estado de saúde de cada animal também condiciona a vacinação, sendo que um animal mais frágil ou com um sistema imunológico baixo beneficia de protecção acrescida.

 

GATO

 

As vacinas que são consideradas essenciais, protegem os gatos para as seguintes doenças:

 

  • Panleucopénia (Parvovírus)
  • Calicivírus felino (Calicivírus)
  • Herpesvírus felino (Herpesvírus)

 

O esquema vacinal inicia-se às 8 semanas de vida, realizando dois reforços vacinais com intervalos de 3 a 4 semanas. Posteriormente a vacina repete-se anualmente, dependendo do grau de exposição do animal.

A vacina da raiva deve ser realizada todos os anos ou de 3 em 3 anos, dependendo das leis em vigor para determinada localidade.

Outras vacinas são consideradas opcionais, nomeadamente a vacina para a Leucemia Felina, e devem ser aconselhadas pelo veterinário tendo em conta o nível de exposição do animal a potenciais infecções – dependendo se o animal vive dentro de casa, num ambiente controlado, ou anda na rua.

 

Que animais não devem ser vacinados?

Não devem ser vacinadas as gatas grávidas e os animais doentes. Deve ser ponderada a administração da vacina em casos de doenças crónicas não controladas e a animais com sistemas imunitários fracos ou debilitados.

 

CÃO

 

As vacinas necessárias ao cão englobam proteção para as seguintes doenças:

 

  • Parvovírose (Parvovírus)
  • Esgana (Vírus da Esgana)
  • Leptospirose (Leptospira)
  • Hepatite Infecciosa (Adenovírus canino 1, CAV-1)
  • Raiva (Rabdovírus)

 

O cão deve iniciar as vacinas às 6 semanas de idade, repentindo posteriormente mais dois reforços vacinais com 3 a 4 semanas de intervalo. Aos 6 meses, juntamente com a aplicação do microchip aplica-se a vacina na Raiva.

Existem ainda, a vacina da tosse do canil, a vacina da piroplasmose e a vacina da leishmaniose. São vacinas administradas posteriormente ao leque inicial de vacinação, ou seja, a partir do 6 meses. Deve ser avaliado consoante o grau de exposição do animal.

URGÊNCIAS 24h

919+201+513

CVMI 2017

Todos os direitos reservados

2ª a 6ª - 10h-13h e 15h-20h

Sábado - 10h-13h e 15h-18h

214+569+009

214 569 009

919+201+513 (24h/dia - todos os dias)

cvmi@cvmi.pt

Rua da Alemanha, 189-B

Quinta de S. Gonçalo

2775-397 Carcavelos